Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial 26 de abril

DOENÇAS DO CORAÇÃO MATAM 344 MIL POR ANO NO BRASIL E O CONTROLE DA PRESSÃO REDUZIRÁ ESSE NÚMERO

Em Maceió, no próximo domingo, dia 27, haverá distribuição de folders, aferição de pressão, orientações multiprofissionais e atividades lúdicas com as crianças na Orla da Ponta Verde

No Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, a Sociedade Brasileira de Cardiologia – SBC/AL – faz o alerta: “Conheça a sua pressão e vista essa camisa para uma vida 12 por 8”. A ação tem a participação de jogadores de futebol que vestiram a camiseta da campanha.

A cada dois minutos um brasileiro morre por causa de doenças cardiovasculares, 344 mil a cada ano e um dos principais motivos dessa epidemia é que a população ainda não dá a devida importância à hipertensão arterial.

Dos 40 milhões de brasileiros que sofrem de hipertensão arterial, somente 20% mantém a pressão controlada o que é fácil e também barato de conseguir. O restante corre o risco de ter um infarto ou derrame (AVC) e nem imagina que pode engrossar a estatística de óbitos prematuros.

Para diminuir drasticamente o número de vidas que se perdem por doenças relacionadas com o coração, a Sociedade Brasileira de Cardiologia, juntamente com a Sociedade Brasileira de Hipertensão – SBH e Sociedade Brasileira de Nefrologia – SBN, promove campanhas e ações de conscientização em todo o país para que a população conheça a sua pressão arterial divulgando o estilo de vida saudável. “Alimentação rica em legumes, frutas e verduras, com pouca gordura, sem frituras, sem cigarro, exercício físico constante, controle do peso, do colesterol e, principalmente, da pressão arterial” orienta o presidente do Departamento de Hipertensão da SBC, Luiz Bortolotto.

Numa integração inédita entre as Sociedades, a mesma mensagem principal será divulgada por pessoas que participam tanto da Campanha “Eu sou 12 por 8” do Departamento de Hipertensão da SBC, quanto a Campanha “Menos Pressão” da SBH. Ronaldo Gaúcho, que está no folder da campanha, assim como Diego Tardelli, Jô e Victor, todos atletas de futebol, foram fotografados com a camiseta da ação para, em ano de Copa do Mundo no Brasil, integrar a Seleção ‘Eu sou 12 por 8’ e chamar a atenção para a doença.

A pressão é mais baixa nas pessoas que praticam exercício, procuram consumir pouco sal e mantém um peso adequado. Mas mesmo quando a pressão é alta naturalmente – há famílias que geneticamente tendem a ter pressão alta, o tratamento é fácil e o SUS distribui o remédio para controlar a pressão de graça.

“O problema é que como a hipertensão não incomoda e não provoca sintomas, os hipertensos muitas vezes abandonam o tratamento, param de tomar as pílulas recomendadas e então voltam a correr risco de infarto e de AVC”, lembra o diretor de Promoção da Saúde Cardiovascular da SBC, Carlos Costa Magalhães.

A hipertensão é problema tão grave que a Sociedade Internacional de Hipertensão pediu que as sociedades de cardiologia de todos os países façam campanhas de esclarecimento voltadas ao Conhecimento da Pressão e no Brasil nossa campanha tem como mote: “Conheça a sua pressão e vista essa camisa para ter uma vida 12 por 8”.

SERVIÇO:
Local: Orla da Ponta Verde
Data: 27 de abril – domingo
Horário: a partir das 9hs
Informações: http://prevencao.cardiol.br/campanhas/hipertensao.asp

# Mais informações para a imprensa (11) 5533-8781 com Luchetti ou com Angélica Dantas (82) 9324-8255

Fotos do evento:

Leia também estes artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *